Impacto da heterogeneidade tumoral no câncer de mama HER2 positivo

< 1 min. de leitura

A Dra. Hope Rugo, diretora de oncologia mamária da Universidade da Califórnia (EUA), destacou novas descobertas relacionadas à heterogeneidade tumoral no câncer de mama HER2+. Dentre os variados subtipos de câncer de mama, o tumor com amplificação ou superexpressão do receptor de fator de crescimento epidérmico humano 2 (human epidermal growth factor receptor 2 [HER2]) era tido como um dos mais agressivos, até o surgimento das terapias-alvo contra essa molécula.

A variedade de expressão dessa proteína nas células tumorais parece ter impacto em prognóstico e em grau de reposta aos tratamentos, mas novos estudos vem buscando compreender melhor essas características e como personalizar o tratamento para os cada caso.

O Simpósio Câncer de Mama Gramado acontece entre os dias 29 e 31 de agosto de 2019 e conta com a cobertura da Oncologia Brasil. O objetivo do congresso é estimular a comunicação entre profissionais das mais diferentes áreas comprometidas com o cuidado de pacientes com câncer de mama, propiciando um intercâmbio produtivo de ideias e de experiências, com foco no melhor atendimento para cada paciente.

Send this to a friend