IASLC #WCLC20: estudo com sotorasibe, em pacientes com câncer de pulmão politratados, demonstra resultados animadores

2 min. de leitura

Dr. Luiz Henrique Araújo, oncologista e pesquisador do Inca e do Instituto COI, comenta o estudo CodeBreak 100, apresentado na 2020 World Conference on Lung Cancer.

A pesquisa foi realizada com 126 pacientes com câncer de pulmão politratados, sendo que 57% haviam sido submetidos a duas ou mais linhas de tratamento, 81% tinham recebido platina e imunoterapia e 93% eram fumantes/ex-fumantes.

O sotorasibe foi aplicado na dose de 960 mg, uma vez ao dia, conforme definido nos estudos de fase I. O medicamento gerou taxa de resposta de 37,1%, controle da doença de 80,6% e sobrevida livre de progressão (SLP) de 6,8 meses.

Em 72% dos voluntários, a documentação da resposta ocorreu logo na primeira tomografia realizada. “A resposta foi documentada independentemente de marcadores epidemiológicos e características clínicas ou biológicas, mesmo em pessoas com PD-L1 negativo ou mutações, por exemplo, de STK11. Não parece haver um subgrupo que não se beneficie da terapia anti-KRASG12C”, informa o Dr. Araújo.

O medicamento foi bem tolerado, apresentando poucos eventos adversos de grau 3 e 4. Apenas 19,8% dos participantes sofreram efeitos colaterais grau 3 relacionados ao tratamento e a taxa de descontinuação foi de 7%. “Também não ocorreram eventos adversos inesperados além dos relatados na fase 1, nem mortes relacionadas ao tratamento”, complementa o oncologista.

O CodeBreak 100 levou à aprovação de sotorasibe pelo FDA como Breakthrough Therapy.

A fase III do estudo está em andamento, em centros de vários países, incluindo o Brasil. Nessa etapa, os cientistas estão testando o sotorasibe versus o docetaxel em indivíduos tratados com platina e imunoterapia. Mas existem, também, outras investigações avaliando o uso do inibidor em outras combinações. 

 

Referência: 

Li, Bob T. et al. PS02.07 – CodeBreaK 100: Registrational Phase 2 Trial of Sotorasib in KRAS p.G12C Mutated Non-small Cell Lung Cancer. Apresentação oral IALSC 2020. 30 de março de 2021.

 

Send this to a friend