Highlights da discussão multidisciplinar do A.C.Camargo sobre os principais estudos da ASCO e ESMO 2020 sobre câncer de reto

2 min. de leitura

Dra. Rachel Riechelmann, diretora da Oncologia Clínica do A.C.Camargo Cancer Center e Presidente do Grupo Brasileiro de Tumores Gastrointestinais (GTG), resume no vídeo os principais pontos sobre a abordagem multidisciplinar em câncer de reto discutidos durante o webinar realizado pela Oncologia Brasil no início de outubro.

Seis especialistas da instituição conversaram sobre os estudos OPRA, PRODIGE 23 e RAPIDO. O primeiro avaliou quimioterapia e radioterapia seguidas e quimioterapia sistêmica, com o intuito de preservação do reto. O segundo avaliou o uso de FOLFIRINOX como estratégia de terapia total neoadjuvante em câncer de reto. E o último randomizou os pacientes para radioterapia de curta duração (short course) seguida de quimioterapia e cirurgia versus o padrão de quimioterapia e radioterapia, cirurgia e quimioterapia adjuvante.

De acordo com Dra. Riechelmann, a terapia total adjuvante é considerada hoje o padrão-ouro para o câncer de reto localmente avançado.

Além das apresentações, um painel multidisciplinar de profissionais, que incluiu oncologistas clínicos, radioterapeuta e cirurgião oncológico, discutiu casos clínicos de pacientes com tumores T3 N positivo, com doença metastática de câncer de reto sincrônica e outro sobre estratégias de tratamento em pacientes idosos, principalmente em cenário metastático.

Por fim, ela comenta, também abordaram quando solicitar a pesquisa da deficiência da mismatch impairment em câncer de reto e o quanto ela pode impactar nos resultados da quimioterapia e da radioterapia sistêmica, além de quais as implicações clínicas e decisões terapêuticas de um paciente com instabilidade de microssatélite.

 

Referências:

Garcia-Aguilar et al. Preliminary resultas of the Organ Preservation in rectal adenocarcinoma (OPRA) trial. ASCO 2020. (https://ascopubs.org/doi/abs/10.1200/JCO.2020.38.15_suppl.4008)

G et al. Short-course radiotherapy followed by chemotherapy before TME in locally advanced rectal cancer: The randomized RAPIDO trial. ASCO 2020. (https://ascopubs.org/doi/abs/10.1200/JCO.2020.38.15_suppl.4006)

Conroy, T et al. Total neoadjuvant therapy with mFOLFIRINOX versus preoperative chemoradiation in patients with locally advanced rectal cancer: Final results of PRODIGE 23 phase III trial, a UNICANCER GI trial. ASCO 2020.

(https://ascopubs.org/doi/abs/10.1200/JCO.2020.38.15_suppl.4007)

J Clin Oncol 38: 2020 (suppl; abstr 4002). DOI:10.1200/JCO.2020.38.15_suppl.4002

https://meetinglibrary.asco.org/record/185499/abstract

Battaglin, F et al. The impact of panitumumab treatment on survival and quality of life in patients with RAS wild-type metastatic colorectal câncer. Cancer Manag Res, 2019; 11: 5911-5925.

Send this to a friend