FDA aprova o primeiro tratamento de quimioimunoterapia para pacientes com linfoma difuso de grandes células B recidivado ou refratário

< 1 min. de leitura

No dia 10 de junho, a Food and Drug Administration (FDA) aprovou o Polivy® (polatuzumabe vedotina-piiq) em combinação com a bendamustina e o rituximabe (combinação conhecida como BR) para o tratamento de pacientes adultos com linfoma difuso de grandes células B (LDGCB), que recidivaram ou progrediram após pelo menos duas terapias prévias.

O Polivy é um anticorpo conjugado a um medicamento quimioterápico, o qual se liga a uma proteína CD79b (encontrada apenas em células B) e então libera o medicamento quimioterápico dentro dessas células.

A eficácia foi avaliada no estudo GO29365 com 80 pacientes LDGCB recidivante ou refratária randomizados para receber polatuzumabe mais BR ou BR isolado. Todos os envolvidos tinham recebido duas ou mais terapias prévias.

A taxa de resposta completa até o fim do tratamento, endpoint primário, foi 40% para combinação polatuzumabe mais BR versus 18% BR isolado. Dos 25 pacientes tratados a combinação que alcançou resposta parcial ou completa, 16 (64%) tiveram duração de resposta de pelo menos seis meses versus 3 (30%) dos 10 tratados com BR isolado.

Os eventos adversos mais comuns da combinação polatuzumabe incluem neutropenia, trombocitopenia, anemia, neuropatia periférica, fatiga, diarreia, febre, perda de apetite e pneumonia.

Saiba mais aqui.

Send this to a friend