Cabozantinibe é incluído no rol da ANS para tratamento de câncer de rim metastático

2 min. de leitura

Especialista comenta a disponibilização do inibidor de tirosinaquinase para pacientes que já usaram terapia anti-VEGFR 

Em 2021, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) incluiu em seu Rol de Procedimentos e Evento em Saúde o cabozantinibe, um novo medicamento para câncer de rim metastático para pessoas que já usaram terapia anti-VEGFR. Em novo vídeo, o Dr. Diogo Rosa, oncologista clínico do Grupo Oncoclínicas e membro do LACOG GU, comenta a inclusão desse inibidor de tirosina-quinase, que também atua bloqueando a saída do AXL e do MET. 

Já estavam disponíveis algumas drogas orais, como pazopanibe, sunitinibe, axitinibe e everolimus. Mas agora os planos de saúde também cobrem um remédio que é sabidamente mais ativo, como demonstraram estudos que a compararam com everolimus e sunitinibe. 

“A gente sabe que para um grupo de pacientes não será uma questão porque muitos são de primeira linha e fazem uso de combinação de imunoterapia com ipilimumabe e nivolumabe, mas hoje temos à disposição também uma série de imunoterápicos como inibidor de VEGFR. Então, teoricamente, se o indivíduo progride com uma combinação de imunoterápico com inibidor de VEGFR, ele poderia receber o cabozantibibe”, afirma Dr. Diego Rosa. 

“É interessante perceber também que o cabozantibibe está passando para linhas anteriores. Então, em breve, a gente vai poder, em estudos clínicos, inicialmente, mas quem sabe em bula aprovada, ter a utilização em outras linhas”, relata o oncologista.  

 

 

Aviso Legal: Todo conteúdo deste portal foi desenvolvido e será constantemente atualizado pela Oncologia Brasil, de forma independente e autônoma, sem qualquer interferência das empresas patrocinadoras e sem que haja qualquer obrigação de seus profissionais em relação à recomendação ou prescrição de produtos de uma das empresas. As informações disponibilizadas neste portal não substituem o relacionamento do(a) internauta com o(a) médico(a). Consulte sempre seu médico(a).   

Send this to a friend