Atualização de SG em cinco anos com encorafenibe mais binimetinibe demonstra benefícios sustentados de longo prazo em pacientes com melanoma avançado BRAFV600 mutado

2 min. de leitura

A terapia combinada com inibidor de BRAF/MEK demonstrou benefícios em sobrevida livre de progressão (SLP) e sobrevida global (SG), sendo o padrão de tratamento do melanoma BRAFV600 mutado

 

Durante o Congresso Mundial da ASCO 2021, foram apresentados os dados de atualização de cinco anos do COLUMBUS (NCT01909453), um estudo de fase III, multicêntrico, aberto e randomizado, que avaliou a combinação de encorafenibe mais binimetinibe versus vemurafenibe ou encorafenibe em pacientes com melanoma BRAFV600 mutado avançado ou metastático.  

Foram recrutados 577 pacientes previamente não tratados ou que haviam progredido após imunoterapia na primeira linha, os quais foram randomizados na proporção 1:1:1 para encorafenibe 450 mg/dia + binimetinibe 45 mg 2x/dia (COMBO450), encorafenibe 300 mg/dia (ENCO300) ou vemurafenibe 960 mg 2x/dia (VEM). Uma análise atualizada incluindo sobrevida livre de progressão (SLP), sobrevida global (SG), taxa de resposta objetiva (TRO; por revisão central independente cega) e segurança foi conduzida após acompanhamento mínimo de 65,2 meses. O estudo permanece em andamento.  

Resultados: 

No corte de dados (15 de setembro de 2020), houve 131 (68%), 117 (60%) e 145 (76%) mortes nos braços de tratamento COMBO450, ENCO300 e VEM, respectivamente.  

A SG mediana e a taxa de SG em 5 anos com COMBO450 foram 33,6 meses e 34,7%, respectivamente (acompanhamento médio de 70,4 meses). A taxa de SG em 5 anos nos pacientes do COMBO450 que tinham níveis normais de lactato desidrogenase (LDH) no início do estudo foi de 45,1%.  

Para o grupo ENCO300, a mediana de SG foi de 23,5 meses e a taxa de SG em 5 anos de 34,9%, sendo que os pacientes com níveis normais de LDH apresentaram taxas de SG de 41,8% aos 5 anos.  

Para o braço VEM, a mediana, a taxa de SG em 5 anos e a taxa de SG em 5 anos para pacientes com LDH normal foram, respectivamente, 16,9 meses, 21,4% e 28,4%.  

Para COMBO450, ENCO300 e VEM, a taxa de SLP de 5 anos foi de 22,9%, 19,3% e 10,2%; a TRO foi de 64,1%, 51,5% e 40,8%; a duração mediana da resposta foi de 18,6, 15,5 e 12,3 meses, respectivamente.  

Os resultados de segurança foram consistentes com o perfil de tolerabilidade conhecido do COMBO450. Após a descontinuação do medicamento do estudo, o tratamento subsequente mais comum em todos os braços foram os inibidores de correceptores imunes.  

Os pesquisadores concluem que os resultados de SG e duração de resposta atualizados com COMBO450 demonstram benefícios sustentados de longo prazo em pacientes com melanoma BRAFV600 mutado.  

 

Referências:  

  1. Dummer R, et al. Five-year overall survival (OS) in COLUMBUS: A randomized phase 3 trial of encorafenib plus binimetinib versus vemurafenib or encorafenib in patients (pts) with BRAF V600-mutant melanoma. J Clin Oncol 39, 2021 (suppl 15;  abstr 9507). DOI:10.1200/JCO.2021.39.15_suppl.9507. 

Send this to a friend