Análises de mundo real dos regimes posológicos de nivolumabe mostram que duração de terapia e efeitos adversos são semelhantes para doses a cada 2 ou 4 semanas

2 min. de leitura

A análise foi realizada em um cenário de oncologia da comunidade americana

Resultados de mundo real do tratamento adjuvante de melanoma em um cenário oncológico da comunidade americana foram apresentados no AACR 2020. Realizou-se uma revisão retrospectiva (de 1 de março de 2018 a 28 de fevereiro de 2019) dos prontuários de pacientes com a doença tratados com nivolumabe.

Eles foram agrupados por regime:
• coorte 1 (C1): nivolumabe 480 mg a cada 4 semanas (sem tratamento prévio com nivolumabe);
• coorte 2 (C2): mudou para nivolumabe 480 mg a cada 4 semanas após receber 240 mg ou 3 mg/kg de nivolumabe a cada 2 semanas;
• coorte 3 (C3): nivolumabe 3 mg/kg a cada 2 semanas (sem tratamento prévio com nivolumabe);
• coorte 4 (C4): nivolumabe 240 mg a cada 2 semanas (sem tratamento prévio com nivolumabe).

Os pacientes foram acompanhados por ≥ 6 meses após o início do nivolumabe. Os padrões de tratamento e os resultados de segurança foram comparados entre as coortes. Propensity Score Matching foi realizado para minimizar o potencial viés de seleção (C1:C4 e C2:C4).

Foram identificados 191 pacientes com melanoma (C1, n = 40; C2, n = 74; C3, n = 22; C4, n = 55). As características demográficas e clínicas da linha de base foram semelhantes nas quatro coortes. No entanto, os pacientes C3 apresentaram o menor índice de massa corporal médio (25,8 kg/m²) e a menor proporção de pacientes com ECOG 0 (32%).

A duração do tratamento e a incidência de eventos adversos relacionados ao tratamento (TRAEs) e TRAEs graves foram semelhantes em todas as coortes não ajustadas. Esses resultados foram apoiados por análises de coorte pareadas (C1:C4 e C2:C4). As taxas de conclusão do tratamento (curso de 12 meses) ou tratamento em andamento e os motivos da descontinuação variaram de acordo com a coorte.

Esta análise de dados do mundo real dos regimes posológicos de nivolumabe mostra que a duração da terapia e os EAs são semelhantes entre os regimes a cada 2 semanas e a cada 4 semanas em pacientes com melanoma.

Referência:
Samlowski, W et al. 1043 – Real-world outcomes in patients receiving nivolumab 480 mg every 4 weeks vs other dosing regimens as treatment for melanoma in the adjuvant setting. Session MS.CL06.01 – Immune Checkpoints: Clinical Aspects
https://www.abstractsonline.com/pp8/#!/9045/presentation/6889

 

Send this to a friend